Sobre


Histórico

Desde 1996 o coordenador do Laboratório de raios-X vem se dedicando na formação de pessoal qualificado no uso das técnicas de difração com o uso de fonte convencional de raios-X e de luz síncrotron. Nesse período foram formados 6 doutores e 13 mestres, supervisionados 4 pós doutorados e 5 co-orientações. Atualmente o Laboratório de raios-X conta com uma área de 50 m2 onde se encontram em operação 3 equipamentos (2 difratômetros e um espectrômetro de fluorescência de raios-X).
Outra área de atuação do coordenador do laboratório é na divulgação da técnica de difração de raios-X através de cursos presenciais em vários estados; desde 2003 foram realizados 34 cursos em diversas cidades e principalmente na região nordeste do pais e eventualmente cursos online. Para atender a grande demanda por conhecimento da técnica, sempre é ofertada, no segundo semestre do ano, a disciplina de difração de raios-X para materiais (TJP719) no programa de pós-graduação de Engenharia Metalúrgica e de Materiais da UFC.
No início do ano de 2006, foi aprovado um projeto Cenpes/UFC (Capacitação de laboratório para análise de água e sólidos do setor de petróleo e gás) em parceria com o grupo de análise de águas do Departamento de Química Analítica da UFC. Neste projeto foi adquirido um espectrômetro de fluorescência de raios-X (79.000,00 dólares) (WFRX) da marca Rigaku modelo ZSX Mini que se encontra em operação e disponibilizado para toda comunidade científica, dentro e fora da UFC, e está sendo muito solicitado serviços principalmente para mineradoras e indústrias.
No ano de 2007, foi importado, com recursos do Edital MCT/CNPq 10/2007 – Melhoria de Infra-estrutura laboratorial em nanotecnologia, um difratômetro da marca Panalytical, modelo Xpert (2kW de potência), munido de uma óptica especial para o feixe incidente, um detector de estado sólido de resposta rápida. O valor total concedido pelo CNPq para a compra e instalação desse equipamento foi de 580.000,00 reais (300.000,00 dólares).
Além dos dois equipamentos o laboratório de RX dispõe aos solicitantes um segundo Difratômetro (2kW de potência) de raios-X da Marca Rigaku modelo DMAXB (adquirido no ano de 1985 com recursos da FINEP) ainda em operação com 18933 horas de uso. Vale ressaltar que esse equipamento está sendo ainda muito utilizado para manter em dia as demandas, cobrindo, portanto, o difratômetro da Panalytical.

Login

Perdeu sua senha?